Cuidados com a Primeira Revisão Obrigatória do Carro

Uma vantagem da compra de carro 0km é a garantia oferecida pelas montadoras. Para se resguardarem, essas empresas definiram que, para o motorista contar com o tempo a mais, ele deve fazer a sua parte, realizando revisões periódicas. Aqueles que decidem não fazê-las (ou que esquecem, o que também é bem comum) acabam perdendo esse benefício.

Apesar de todas as informações sobre as revisões obrigatórias programadas estarem no manual do proprietário, muitas pessoas têm dúvidas quanto a esse assunto. Nosso objetivo aqui é esclarecer os mitos mais comuns quanto à primeira revisão obrigatória do carro!

O que realmente é obrigatório?

Algo que é realmente obrigatório é levar o automóvel à concessionária ou a uma oficina mecânica autorizada. Caso contrário, você pode perder o direito à garantia.

Por isso, mais uma vez frisamos a importância de ler o manual do proprietário para estar bem informado quanto ao que é obrigatório, porque nem todas as trocas, limpezas e correções são realmente necessárias.

Revisão obrigatória de 10 mil quilômetros

Como a revisão dos 10 mil km é a primeira na lista de revisões obrigatórias, a quantidade de itens a serem revisados é pequena. Alguns dos ajustes necessários na primeira revisão são:

  • Troca do filtro de combustível: o filtro de combustível é o que segura grande parte das impurezas da gasolina ou álcool de entrarem em contato com o motor do carro, o que poderia interferir no funcionamento do mesmo. O recomendado é que o item seja substituído sempre que a marca de 10 mil quilômetros for alcançada;
  • Alinhamento e balanceamento: a suspensão dos automóveis é bastante afetada pelas vias esburacadas e mal cuidadas com as quais precisamos conviver. Se você não realizar o alinhamento e balanceamento a cada 10 mil km, o seu carro pode começar a queimar ainda mais combustível e os pneus terão vida útil menor;
  • Higienização do ar condicionado: muita sujeira, fungos e bactérias são acumulados no filtro do ar condicionado. Por isso, é importante fazer a troca do mesmo e a higienização dos dutos a cada 10 mil km.

A troca de óleo do motor e do filtro de óleo também é comumente recomendado para a revisão dos 10 mil km. Outra recomendação é que a cada revisão você adicione aditivo à água do radiador, assim o carro roda melhor.

E aí, ficou alguma dúvida? Então deixa aí nos comentários que nós respondemos! Se achou este artigo útil, compartilhe com os seus amigos e continue navegando pelo nosso blog 🙂

Pensando em comprar um novo veículo? Então clique aqui! 

Deixe uma resposta