Briga de SUV’s: Honda HR-V x Ecosport x Chevrolet Tracker

A cada dia que passa o mercado de veículos se torna mais competitivo. Isto é devido ao fator das marcas de automóveis buscarem melhorar e renovar os equipamentos com um preço que conquiste os consumidores com a qualidade e o conforto que é oferecido em seus modelos.

Honda HR-V

O Honda HR-V iniciará a distribuição aos compradores pioneiros aproximadamente no dia 12 de março em três versões: LX, EX E EXL. A versão básica, a LX, já possuirá ar-condicionado manual, vidros e travas elétricos, som comum com leitor de MP3, entradas USB, auxiliar e conectividade Bluetooth, computador de bordo, ajuste de altura, profundidade do volante e sensor crepuscular.

O veículo possuirá também freio de estacionamento elétrico e luzes de LED, e o pacote de segurança possui freios a disco nas quatro rodas, controle de tração e estabilidade, sistema de assistência para partida em rampa, além do ESS (alerta de frenagem de emergência), que faz piscar o pisca-alerta quando se pisa fundo no freio, para avisar ao motorista de trás que o carro está freiando bruscamente. O porta-malas é de 404 litros.

Ford Ecosport

O EcoSport chegou a uma nova geração em 2012. Com identidade visual que segue o padrão de outros modelos da montadora, como o Fusion, está disponível, com motor de 1,6 litro flex, nas versões SE, FreeStyle, FreeStyle Plus e Titanium. Já as opções FreeStyle 4WD, FreeStyle Plus 4WD, FreeStyle Powershift, SE Powershift, Titanium Powershift e Titanium Plus Powershift carregam o motor de 2,0 litros bicombustível.

Na configuração mais barata S, o EcoSport sai da fábrica com airbag duplo, freios ABS, ar- condicionado, direção elétrica, vidros elétricos dianteiros, Sync Media System, controle do rádio no volante e espelhos retrovisores externos com comando elétrico e dupla curvatura para redução de pontos cegos e ajuda na hora de estacionar. Seu porta-malas é de 362 litros.

Chevrolet Tracker

O Chevrolet Tracker possui o motor 1.8 flex que tem o rendimento de 144 cv com etanol e 140 cv com gasolina, compartilhado pelas versões hatch e sedã do Cruze, da mesma forma como a transmissão de seis marchas. Como só vem disponível na versão LTZ, o carro é bastante completo, com itens como airbag lateral, sistema multimídia MyLink, rodas aro 18, comandos de rádio no volante, rack de teto para bagagem, entre outros mimos.

O porta-malas é o menor dos três modelos, com 306 litros.

Conclusão

Os três SUVs pequenos são bastante completos e trazem um bom nível de equipamentos e conforto. Embora tenham algumas diferenças em termos de equipamentos, suas principais diferenças são em relação ao visual. O consumidor que comprar qualquer um dos três certamente será bem atendido. Tecnicamente falando, os três modelos estão empatados.

Deixe uma resposta