Linha americana GMC: picapes e SUVs

A GMC (General Motors Company) é um grande conglomerado. São donos de várias marcas, como Chevrolet, também presente no Brasil, Opel, na Europa, Holden, na Austrália, além de Cadillac, Buick e as extintas Pontiac  e Oldsmobile. Mas você sabia que a própria GMC é uma marca especializada em picapes pesadas e SUVs?

As Sierra 1500 e Sierra HD 2500 e 3500 são picapes pesadas, com opções de motorização V6 e V8, com 300cv a pouco mais de 400cv em várias opções de motorização. A Sierra 1500 tem capacidade de carga até leve, de cerca de 800kg e 4 toneladas para guincho. Mas a 3500 é que serve para trabalho pesado. Na versão “mais forte”, um V8 6.6, tem torque de 105 kgfm, podendo levar até 3 toneladas de carga e arrastar um trailer de 10 toneladas. É um minicaminhão, tanto que vem até com pneus duplos no eixo traseiro.

Sierra 3500 Denali:

Sierra 1500:

A marca tem uma picape de entrada mais leve, a Canyon, que chega a custar menos de US$ 20,000 em sua versão de entrada nos EUA. Só tem opções de motorização de 4 cilindros em linha e V6. Sua capacidade de guincho (tow capacity, peso máximo que suporta carregando uma carretinha) é mais baixa, de 1,5 tonelada para 4 cilindros e 3 toneladas para 6 cilindros. Sua capacidade de carga é de apenas 700kg, em média, para quaisquer opções de motorização.

Canyon:

Na linha de SUVs, as opções são Yukon (5,10m de comprimento) e Yukon XL (5,70m de comprimento). O tamanho impressiona: afinal, são veículos com 1,90m de altura, parecendo caminhões-perua. Ambas suportam até 8 passageiros, com a diferença de que a versão XL ainda mantém capacidade para levar bagagens.

Só há uma opção de motor para ambos os modelos, um 5.3 V8 com 355cv de potência e 52kgfm de torque que, surpreendemente, não gasta muito: faz em torno de 7km/l na cidade e 10km/l na estrada. Embora normalmente venham com rodas de 20 polegadas, não é comum encontrar quem coloque aro 26, rodas similares às encontradas em caminhões e ônibus.

Yukon:

A GMC tem duas crossovers em sua linha (crossovers são como SUVs, mas construídas sobre plataformas de carros de passeio, para rodar em estradas pavimentadas, com piso baixo e capacidade de carga reduzida) : a compacta Terrain, de “apenas” 4,70m de comprimento e 5 lugares, cuja versão de entrada vem com um motor pequeno, um 2.4 de 4 cilindros e 180cv, custa abaixo de US$ 30,000; e a Acadia, com 5,10m de comprimento, capacidade para até 8 passageiros e um pouco mais cara.

Acadia:

Terrain:

A linha se encerra com o furgão Savana, que pode vir para carregar carga ou passageiros. O interessante é que só há opções de motorização V8, mas todos com potência mais baixa que o esperado. Pudera, para um furgão se espera economia de combustível. O turbo-diesel 6.6 tem “apenas” 260cv, por exemplo.

Savana:

A GMC utiliza em todos os seus modelos duas versões de acabamento, a básica e a Denali, mais luxuosa e cara, exceto na linha Savana. Na linha Denali, o interior é sempre de couro com a inscrição Denali gravada em relevo nos bancos, que são aquecidos, além de outros luxo que variam de modelo para modelo. Na Terrain, por exemplo, a Denali vem com teto solar.

Com informações do site da GMC Canadá.

Fotos: Divulgação.

Deixe uma resposta