2012 com diesel mais limpo

Uma noticia boa relacionada com combustíveis: um diesel menos poluente e veículos com motores adaptados para recebê-lo fazem parte de um acordo firmado entre a Agência Nacional de Petróleo, a Petrobrás e as montadoras.
Na realidade já havia sido determinado pelo Conama (Conselho nacional do Meio Ambiente), uma mudança em 2009, porém sem êxito, pois as empresas alegaram faltar tempo para a adaptação. Firmando assim um acordo que adiou a mudança por quase quatro anos.

A idéia era substituir o diesel recebido com 500 partes por milhão (ppm) de enxofre (nas regiões metropolitanas) ou até 2 mil partes (no interior) por um novo diesel em 2009 com 50 ppm, o que acabou não acontecendo.

Foi adotada a medida de diminuição para 1,8 mil ppm no interior, e somente nas regiões metropolitanas foi introduzido aos poucos o novo diesel. As frotas de ônibus cariocas e paulistas foram as primeiras.

Ainda para este mês foi prometido pela Petrobrás uma produção inicial do Diesel S-50, como é chamado. Para o mês de outubro estarão disponibilizados no mercado os novos modelos de veículos adaptados, afirma a indústria automobilística. Para 2013 outra substituição já esta sendo analisada, o diesel S-50 dará lugar ao S-10 que já é usado na Europa e no Japão.

O Ministério Público Federal (MPF) complementou que, as informações trazidas até agora “contradizem os boatos que circularam no mercado automobilístico e de combustíveis de que não haveria diesel S-50 em quantidade suficiente”.

Por Rodolfo Ribeiro Raimundo – Fonte Estadão