75 anos atrás: sinal verde para o Fusca

Em 22 de junho de 1934 foi dada a ordem para fabricar o VW
Um dos carros mais conhecidos e adorados no mundo, o Fusca (Brasil), Beetle (Inglaterra), Maggiolino (Itália), Käfer (Alemanha), entre outros nomes que recebeu ao redor do planeta, começou a tomar forma há 75 anos. Foi quando deram a ordem para que a versão definitiva fosse fabricada. Depois disso, vários protótipos foram feitos. Os três primeiros saíram da garagem particular do pai do projeto, Ferdinand Porsche. Um deles ficou pronto em julho de 1935, o segundo em dezembro do mesmo ano e o terceiro em fevereiro de 1936.
Depois de exaustivos testes e mais outros 30 protótipos fabricados, em maio de 1938 o Fusca começou a ter sua linha de montagem planejada em Wolfsburg, cidade alemã onde fica a sede da Volkswagen até hoje. Mas, em tempos de guerra, o início das vendas da Fusca não foram nada fáceis. Por isso, o carro teve algumas versões desenvolvidas para fins militares, inclusive um anfíbio.
Apenas em 1945, com o fim da Segunda Guerra Mundial, que o veio o sucesso do carrinho que teve mais de 21,5 milhões de unidades produzidas até julho de 2003, quando deixou de ser fabricado no México. Para comemorar os 75 anos do aniversário do início do projeto do Fusca, o Museu da Porsche, em Stuttgart (Alemanha) vai dedicar um espaço especial ao modelo entre os dias 22 de junho e 31 de julho.
Fonte: revistaautoesporte.globo.com