Alonso vence corrida maluca em Nurburgring, Massa é 2º

O espanhol Fernando Alonso venceu o Grande Prêmio da Europa, disputado neste domingo no circuito alemão de Nurburgring. A prova foi marcada pela chuva, que caiu no início e no final da corrida e provocou várias rodadas, acidentes e alternâncias de posição. Felipe Massa, da Ferrari, terminou na segunda colocação.

Massa, que largou em terceiro, assumiu a ponta quando a chuva caiu na primeira volta da corrida e Kimi Raikkonen derrapou na área de acesso ao pit lane e voltou para a pista. Depois disso, Massa liderou com tranqüilidade até o final da corrida, mas quando a chuva voltou, na volta 51, Alonso contou com um melhor rendimento do seu carro e passou o brasileiro, na volta 54.

O pódio foi completado pelo australiano Mark Webber, da Red Bull, que chegou 2 décimos à frente do austríaco Alexander Wurz, da Williams. David Coulthard, companheiro de Webber, foi o quinto, com o alemão Nick Heidfeld, da BMW, em sexto.

A zona de pontuação foi completada pelo polonês Robert Kubica, da BMW, em sétimo, com o finlandês Heikki Kovalainen, da Renault, em oitavo. O inglês Lewis Hamilton, que largou na décima posição após o acidente de sábado e foi um dos que saiu da pista no início da corrida, terminou em nono e pela primeira vez em sua carreira na F-1 ficou fora da zona de pontos e do pódio.

Já Kimi Raikkonen, depois da barbeiragem no início da corrida, vinha se recuperando bem e ocupava o terceiro lugar quando abandonou a corrida na volta 34, com problemas eletrônicos em sua Ferrari F2007.

Na ultrapassagem de Alonso sobre Massa, os dois acabaram se tocando e o fato gerou muita controvérsia no final da corrida. O espanhol da McLaren, depois de estacionar no pit lane, apontou para o local onde a roda da F2007 tocou o seu carro e, diante das câmeras de TV, fez sinal de "não".

As câmeras ainda flagraram o encontro dos dois no momento da pesagem, antes da cerimônia do pódio, em que os dois discutiram de forma ríspida, trocando acusações sobre o incidente.

Já Rubens Barrichello fez uma prova discreta e, mesmo diante das várias alternativas da corrida, não conseguiu aproveitar-se e terminou apenas na 11ª colocação.

Confira, em instantes, a classificação atualizada, os comentários de Lemyr Martins e os bastidores da corrida em Nurburgring.

fonte: Quatro Rodas