Apaixonados por velocidade de todas as regiões do País vão acelerar no 15º Festival Força Livre

ARRANCADA: Apaixonados por velocidade de todas as regiões do País vão acelerar no 15º Festival Força Livre

Pilotos de 54 cidades já confirmaram presença na competição que acontece no Autódromo Internacional de Curitiba

O 15º Festival Força Livre de Arrancada que acontece de 11 a 14 de dezembro, no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais, vai reunir apaixonados por velocidade de todas as regiões do Brasil. “O Festival de Arrancada é mágico. É a única categoria do automobilismo brasileiro que reúne mais de 300 pilotos de todas as regiões do País”, diz o piloto Paulo Alcântara, de Fortaleza/CE, que vai viajar 3.914km de carro para participar da competição. “É o amor que faz eu competir. Eu não sou estribado (que quer dizer rico em Fortaleza), a dificuldade é grande mas vale a pena”, diz Paulo.

A paixão pelo esporte arrancada é o que vai mover pilotos de 54 cidades brasileiras, muitos com sotaques diferentes e com vocabulário específico, como é o caso de Diogo Sztoltz, de Amarante do Maranhão/MA. “Não tenho vício nenhum, só paixão pela arrancada. O Festival tem organização, segurança e profissionalismo. É pai d´ égua (que quer dizer algo muito bom no Maranhão)”, explica Diogo que mora a 2.600 km da capital paranaense. “Vou viajar 110 km de carro, pegar avião em Imperatriz/MA, seguir para Brasília, pegar outro avião e aí sim chegar em Curitiba/PR.

Esses “loucos” por velocidade são divididos em 24 categorias de acordo com o regulamento, desde carros comuns, sem nenhuma alteração, até os dragsters, que são construídos especialmente para o esporte e atingem, num percurso de 402 metros, mais de 400km/h em menos de seis segundos. “Na quinta e sexta-feira acontecem os treinos-livres em todas as categorias e no sábado e domingo, os bólidos entram na reta de 402 metros para quebrar recordes de tempo e velocidade”, explica Eduardo Pereira, diretor da Força Livre Motorsport, empresa que organiza a competição.

O piloto Mikina Takano, de Manaus/AM, a 4.000 km de Curitiba, também já confirmou presença na competição. “Meu objetivo é vencer na Drag 6 cilindros e ainda quebrar o atual recorde. O Festival é um evento muito bem organizado e de alta competitividade”, afirma o piloto.

O atual recordista, no Autódromo de Curitiba, na categoria mais veloz, a Drag Motor Traseiro, é Sidnei “Grandão” Frigo. No Festival de 2006, ele percorreu 402 metros em 5s901. Ele, que mora em Itatiba/SP (420 km de Curitiba) também vai acelerar no Festival. “Quero baixar ainda mais meu tempo e passar a mais de 400 km/h no final da reta. É muita adrenalina e responsabilidade poder acelerar para um público de 40 mil pessoas. Temos que fazer um show para o público que prestigia nosso esporte”, disse Grandão.

Um dos maiores ídolos da arrancada no Brasil, o piloto Scort, de Colombo/PR, que “comanda” o Opala mais rápido do mundo, fazendo 402 metros em 7s370, está com um novo motor e garante para os fãs que vai entrar na casa dos seis segundos. “O Helder Gandolfo, meu preparador, está fazendo os últimos acertos para eu fazer um show para o público de todo País que prestigiar o maior Festival de todos os tempos”, disse Scort, conhecido também como o Piloto das Multidões, pelo jeito carinhoso como trata os seus fãs.

Como funciona o esporte arrancada

Antes de alinharem no início da reta de 402 metros de extensão do Autódromo Internacional de Curitiba, os competidores, divididos em 24 categorias – de acordo com o regulamento -, entrarão de dois em dois na pista para fazerem o burnout, que é o aquecimento dos pneus.

No pré-stage, o “pinheirinho” (espécie de farol, com várias luzes, que sinalizam aos competidores os ‘estágios’ pré-largada e partida em si) acende duas luzes amarelas de cada lado mostrando que os pilotos estão alinhados. “A partir deste momento é acionado o start pela cronometragem. São três luzes que descem no “pinheirinho”, em um intervalo de 300 milésimos de segundos, até que a luz verde acenda, começando a arrancada”, explica o coordenador de cronometragem da Força Livre Motorsport, Agno Oliveira.

Na arrancada, vale também o tempo de reação do piloto – tempo que ele leva para olhar para o semáforo e começar a acelerar. A reta marca cinco parciais de tempo: 60 pés (cerca de 18 metros), 100 metros, 201 metros, 300 metros e 402 metros. “Sensores de velocidade, do tipo fotocélula, são colocados na pista e eles registram o tempo na passagem do carro”, diz Agno Oliveira. Vence a competição o piloto que conseguir o menor tempo de reação, somado ao menor tempo registrado para percorrer os 402 metros de pista. “Vale ressaltar que os pilotos lutam contra o tempo. Não adianta apenas vencer o outro carro que larga junto, é necessário fazer o menor tempo de toda categoria”, explica o diretor Adalberto Monteiro, da Força Livre Motorsport.

Além dos pegas, Força Livre traz muitas atrações

Além dos pegas emocionantes dos bólidos, a 15ª edição do Festival Força Livre conta com outras atrações para o público que prestigiar o evento. Uma delas é o Autorama Drag Race, uma pista exclusiva para provas de arrancada com 11 metros de comprimento, que reproduz com perfeição uma prova de arrancada. Outras atrações são um dinamômetro, a exposição Hot Wheels, o Festival Bar, a presença de bandas, a Tenda Jovem Pan com performance de DJ´S, encontro de clubes, a Galeria Nitro Alley, com mais de 20 lojas expondo seus produtos, uma praça de alimentação, brinquedos infantise o Força Livre Gril´s Team.

RECORDES NO AIC

Categoria
Piloto/Estado
Tempo
Etapa

Street Tração Dianteira
Juliano Monguilhott/SC
12s792
3º PR/2008

Street Tração Traseira
Raul Antônio Correa/PR
11s841
3º PR/2008

Street Hot
Fernando Baptista / SP
11s045
14º Festival / 2007

Super Hot
Lincoln Cheib/MG
10s487
14º Festival / 2007

Street Turbo Tração Dianteira C
Dalmo Paes/PR
12s556
4º PR/2008

Street Turbo Tração Dianteira B
Ricardo Duarte/SP
11s556
4º PR/2008

Street Turbo Tração Traseira
Fábio Stelle / PR
10s505
12º Festival / 2005

Street Turbo Tração Dianteira A
Caca Daud/SP
10s887
3º PR/2008

Super Street Tração Dianteira
Ricardo Thomaz/SC
11s218
4º PR/2008

Street Super Tração Traseira
Fernando Baptista / SP
10s048
1º PR / 2007

Força Livre Tração Dianteira
João Tasso/SP
9s472
3º PR/2008

Força Livre Tração Traseira
Sandro Bruno / SP
9s007
5º PR / 2007

Pro Mod

9s045*

Super Pro-Mod
Agenor Scort/PR
7s370
2º PR / 2007

Estruturada
Luis Cláudio /AP
8s644
3º PR / 2006

Import
Adriano Kayayan/SP
9s241
4º PR/2008

Drag Light 8 cilindros
Ricardo Bersani / SP
6s843
13º Festival / 2006

Drag Motor Dianteiro
Alberto Turkot / PR
6s603
3º PR / 2007

Drag Motor Traseiro
Sidnei Frigo / SP
5s901
13º Festival / 2006

Drag 4 cilindros
Avelino Queiroz / BA
7s973
5º PR / 2005

Drag 6 cilindros
Cesar Degreas/SP
7s481
2º PR / 2007

Street Bike
Eduardo Bernasconi/SP
9s999
4º PR / 2007

Drag Bike
Eduardo Bernasconi/SP
9s205
5º PR / 2006

* O recorde de velocidade é de Alejandro Sanches: 403.32 km/h durante a 3º PR/2008

SUGESTÃO DE BOX:

Veja as cidades dos pilotos que vão participar do Festival:

Região Sul

Alvorada/RS

Araucária/PR

Brusque/SC

Blumenau/SC

Colombo/PR

Pinhais/PR

Curitiba/PR

Santa Cruz do Sul/RS

Caxias do Sul/RS

Toledo/PR

Foz do Iguaçu/PR

Cascavel/PR

Matelândia/PR

Almirante Tamandaré/PR

Erechim/RS

Itajaí/SC

Maringá/PR

Castro/PR

São José dos Pinhais/PR

Florianópolis/SC

Marialva/PR

Londrina/PR

Chapecó/SC

Novo Hamburgo/RS

Joinville/SC

Porto Alegre/RS

Região Sudeste

Embu/SP

Cotia/SP

Santo André/SP

Sorocaba/SP

São José dos Campos/SP

Osasco/SP

Tucuruvi/SP

Itatiba/SP

Piracicaba/SP

Boituva/SP

Campinas/SP

São Paulo/SP

Belo Horizonte/MG

São José do Rio Preto/SP

Limeira/SP

São Bernardo do Campo/SP

Marília/SP

Valinhos/SP

Bauru/SP

Indaiatuba/SP

Contagem/MG

Região Centro-Oeste

Goiânia/GO

Cuiabá/MT

Brasília/DF

Rondonópolis/MT

Região Nordeste

Amarante do Maranhão/MA

Fortaleza/CE

Região Norte

Manaus/AM

INGRESSOS E CREDENCIAIS:

Venda de ingressos e credenciais (antecipados)
Alô Ingressos: (41) 3315-0808 ou www.aloingressos.com.br

Arquibancada
Quinta-feira (11/12): 1kg de alimento
Sexta-feira (12/12) – R$ 10,00 masculino e R$ 10,00 feminino
Sábado (13/12) – R$ 20,00 masculino e R$ 10,00 feminino
Domingo (14/12) – R$ 20,00 masculino e R$ 10,00 feminino

Credencial box masculina
Acesso a todos os dias – R$60,00
Acesso somente domingo – R$40,00 (carga limitada conforme disponibilidade)

Credencial box femininaAcesso a todos os dias – R$40,00
Acesso somente domingo – R$30,00 (carga limitada conforme disponibilidade)

Estudantes:
Mediante apresentação da Carteira do estudante, com o comprovante de pagamento da última mensalidade, desconto de 50% no ingresso para arquibancada.

Idosos e Menores de 10 anos
Entrada franca.

Horários de pista:

Dia 11/12: das 10h às 17h
Dia 12/12: das 9h às 17h
Dia 13/12: das 9h às 17h
Dia 14/12: das 9h às 17h

Serviço:

Autódromo Internacional de Curitiba – Avenida Iraí, 16.
Fone: + 55 (41) 3667.3636

Como chegar?

– Venha pela Av. Victor Ferreira do Amaral, no sentido Pinhais;
– No 2º sinaleiro, após a ponte da divisa dos municípios Curitiba / Pinhais, vire à direita e siga em frente;
-Passando a linha férrea, vire novamente à direita na Avenida Irai;
-O Autódromo Internacional de Curitiba fica no final desta avenida

Fonte: 041