BMW terá que indenizar família do cantor João Paulo morto em acidente

A BMW foi condenada pela Justiça de SP a indenizar esposa e filha do cantor João Paulo, morto em 1997 em um acidente na Rodovia dos Bandeirantes. O cantor fazia parte da dupla sertaneja João e Daniel.

O cantor João Paulo morreu carbonizado depois de um incêndio ocorrido após capotamento, dirigindo uma BMW 328i. A Família na época, alegou que o veículo possuía um defeito no tanque de combustível, resultando no incêndio que causou a morte do cantor.

A empresa BMW do Brasil terá que pagar R$300 mil de indenização à famíla, além de arcar com uma pensão mensal para a filha Renata dos Reis, com valores corrigidos e atualizados por juros até completar 25 anos.

Nota da BMW:

“Sobre a sentença disponibilizada pela 4ª Vara Cível do Foro Central da Comarca de São Paulo na data de hoje (29.10), referente ao caso envolvendo o cantor brasileiro José Henrique dos Reis (João Paulo – nome artístico), falecido em acidente de automóvel em setembro de 1997 em um veículo da marca BMW, a BMW do Brasil informa que não concorda com a decisão.

A empresa esclarece que essa é uma decisão de primeira instância e que apresentará recurso de apelação junto ao Tribunal de Justiça de São Paulo, quando o caso será novamente julgado por um órgão colegiado formado por desembargadores. Como de costume, a BMW do Brasil compromete-se a tratar do assunto com transparência.”