Caiu em um buraco na estrada veja seus direitos

Uns meses atrás, estava circulando de noite pela SP-332, administrada pela Rota das Bandeiras. Na saída para Paulínia, cai num buraco gigante. Resultado: rasgou o pneu e amassou a roda. Como era de madrugada, fui pro Hotel, xingando e já pensando no prejuízo. Então meu sogro me deu a dica para ligar na Rota das Bandeiras à procura de indenização.

Pois bem, liguei no telefone da rodovia e surpreendentemente fui bem atendido, mesmo sendo domingo. A atendente me informou que o ideal, nesses casos, é ligar imediatamente para a Concessionária para que eles mandem um funcionário ao local com a Polícia Rodoviária para lavrar um BO. Porém, como era de noite, e eu não poderia ficar esperando, ela pediu para eu fazer um BO relatando o fato para abrir um processo de ressarcimento.

Fui ao posto da PR, onde abri o pedido de BO. Uma viatura foi até o lugar onde sofri o acidente e constatou a existência do buraco. De posse do número do BO, abri processo junto à Concessionária, que pediu os seguintes documentos:

1 – Carta de solicitação com breve descrição do ocorrido
2 – BO da Polícia Rodoviária
3 – Três orçamentos ou nota fiscal
4 – Cópia da Carta de Motorista e do Documento do Veículo

Encaminhei a documentação, e após uns cinco dias tive meu processo deferido, ou seja, vão pagar uma roda nova (R$379,00) e um pneu novo (R$495,00), mais o serviço de alinhamento, balanceamento e correção de cáster.

Portanto, fica a dica: quando estiver em rodovias sob concessão, e cair num daqueles buracos absurdos que destrói pneu ou mesmo a roda, ligue e faça o BO para não sair no prejuízo!
Abraços, qualquer dúvida estou à disposição!

Texto do leitor “O Corsário Viajante”.
Fonte:NA