Carro com mais de R$ 3 milhões em multas acumuladas é apreendido em SP

Veículo não estava no nome do condutor, que levou 899 multas em 7 anos.
Detran foi acionado e policiais fizeram plantão para encontrar o carro.
Um carro que tinha mais de R$ 3 milhões em multas acumuladas foi apreendido na noite desta quarta-feira (24) em São Paulo pelo Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran-SP). O valor foi acumulado durante sete anos pelo motorista, que não perdeu um ponto sequer na carteira de habilitação por causa das 899 infrações cometidas.
O valor de mercado do carro, modelo 1996, é de R$ 12 mil. A equipe de fiscalização do Detran foi acionada na segunda-feira (22), e cruzou os dados das infrações: os dias da semana, os horários e os locais em que o carro era multado com freqüência.
Um desses lugares era um ponto na Estrada do Campo Limpo, na Zona Sul da capital. Na quarta, policiais ficaram de plantão e apreenderam o veículo.
O carro está registrado em nome de uma companhia de seguros. O dono disse que comprou o veículo num leilão em 2001, mas não fez a transferência porque não tinha dinheiro.
As multas englobam excesso de velocidade, trafegar em faixa exclusiva para ônibus, avançar sinal vermelho e desrespeitar o rodízio, entre outras. Como a identidade do condutor nunca era informada, os valores eram multiplicados pelo sistema.
O carro passou a noite no estacionamento do Detran e deve ser levado nesta quinta-feira (25) para o depósito do estado. Em 90 dias entra em processo de leilão de sucatas.
A cobrança das multas era enviada para a empresa de seguros, que apenas em 2005 informou ao Detran que não era mais dona do carro. O caso deve parar na Justiça, já que a dívida continua existindo.