Carros: mulheres no comando da compra

Além da estética do carro, as mulheres estão bem informadas sobre a mecânica do veículo.

Os conceitos mudaram. Carro não é só assunto de homem, agora é assunto de mulher. De acordo com os dados do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-Pr) cerca de 47,6% das carteiras de habilitação, categoria B, tiradas no Paraná em 2008, foram adquiridas por mulheres. Segundo um dos diretores da Associação dos Revendedores de Veículos Automotores no Estado do Paraná (Assovepar) e proprietário da JK Automóveis, Nelson Armando Marcatti, o público feminino exerce grande poder de decisão e veto no carro que os homens desejam comprar.

As mulheres realmente conquistaram o seu espaço no mercado. Hoje elas podem votar, emitir opiniões, ocupar postos de chefia em grandes organizações, estão presentes na mídia, em universidades, moram sozinhas e até ditam regras na política. São donas dos seus próprios destinos e decisões. Na hora de comprar um carro, não é diferente.

As revendas já descobriram que é essencial prestar atenção no desejo das mulheres. “Hoje a mulher tem um poder enorme na hora da decisão da compra. Ela chega determinada na loja a comprar o carro e dificilmente muda sua decisão. Quando ela gosta, ela gosta mesmo e ninguém muda seu pensamento”, diz Edina Alberton Félix, proprietária da Guaíba Car Veículos, loja associada a Assovepar. Edina ainda afirma que antigamente o homem vinha na loja e realizava a compra do carro sozinho, e que hoje ele traz a família inteira para conhecer o veículo e normalmente quem decide a compra é a mulher.

Para o gerente Kleber Brito, da loja Classivel Veículos, a mulher está muito bem informada quando o assunto é carro. “Hoje o paradigma de que a mulher compra um carro só pela estética não existe mais, pois ela entende sim de mecânica. Ela procura praticidade, conforto e acima de tudo, qualidade num veículo. Em relação ao homem, ela é mais prática na escolha de um carro novo”. Kleber diz também que a mulher escolhe modelos de carros que possam apresentar fácil manuseio, que sejam econômicos e que sejam vendáveis. “Ela opta por um veículo já analisando o custo-benefício”.

O público feminino além de detalhista é bem exigente. O carro tem que oferecer total segurança e conforto. “As mulheres sempre preferem um carro que possua no mínimo direção hidráulica, alarme e vidros elétricos”, comenta Edina.

A proprietária Silmara Kusma Capóia, da Veleiro Veículos, diz ainda sobre um outro acessório que não pode faltar. “Quanto mais conforto a mulher encontrar no veículo melhor. O ar condicionado, por exemplo, é um opcional que está na lista destas exigências”.

No entanto elas nem sempre procuram por um carro simples e feminino, como fala Silmara, da Veleiro Veículos. “As mulheres buscam no mercado, carros de modelos esportivos como a Ecosport, Crox Fox , Palio Wekend, entre outros”.

Outro fator que elas estão cada vez mais atualizadas e muito bem informadas é a mecânica do veículo. “As mulheres sem sombra de dúvidas são bem mais detalhistas que os homens. Elas analisam cada detalhe do carro desde a pintura até a mecânica. Muitas até entendem de mecânica melhor que os homens. Hoje elas possuem total condição de comprar um veículo sozinha”, finaliza Silmara.

fonte: Assovepar