Chuva, que já foi aliada, agora preocupa Barrichello para a prova de domingo

Que Rubens Barrichello é extremamente competente na chuva, ninguém questiona. Mas a pista molhada, que já foi aliada do brasileiro em diversas oportunidades, agora é motivo de preocupação para o GP do Brasil de Fórmula-1, que acontecerá no próximo domingo, no autódromo de Interlagos.
A previsão para todo o final de semana na capital paulista é de chuva. Isso faz cair drasticamente a temperatura da pista, o que favorece sensivelmente os carros da RBR, que são muito mais eficientes do que os da Brawn de Barrichello e Button. E, precisando da vitória para tentar adiar a decisão do campeonato mundial para Abu Dhabi, nos Emirados Árabes, o brasileiro sabe que não pode nem pensar em não ganhar.
– A chuva trás aquela loteria, é uma coisa inesperada, ninguém sabe o que pode acontecer. Eu adoro correr na chuva e estaria de braços abertos para isso. Mas o carro da Brawn é mais competitivo que a RBR no seco. No molhado, eles crescem demais – ressaltou o piloto.
Barrichello deixou claro que maiores previsões só poderão ser feitas a partir de sexta-feira, quando acontecerão os primeiros treinos livres.
– A esperança é de que a gente possa andar rápido. Não dá muito para saber porque viemos de Suzuka, onde sabíamos que a RBR andaria muito forte. Acredito que estaremos melhores do que em Suzuka. Só na sexta é que saberemos como as coisas estão – concluiu o brasileiro.
Fonte: globo.com