Como é calculada a Tabela Fipe?

Você já parou para pensar como é estabelecido o preço dos carros, motos, caminhões e microônibus no Brasil? Claro, ao lançar um modelo, as montadoras precificam os seus produtos, mas o que acontece depois? Quem define a depreciação ou valorização de tal modelo? Quem estuda e define o mercado automobilístico?

Conheça hoje a tabela Fipe e aprenda como é feito o seu famoso cálculo que rege os preços dos automotores brasileiros

O que é a tabela Fipe?

A tabela Fipe é um serviço da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, que por sua vez é uma entidade sem fins lucrativos criada na década de 1970, para ajudar e dar base ao Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da USP (Universidade de São Paulo).

Como funciona a tabela Fipe?

Reconhecida em todo território nacional, a tabela Fipe serve de base para que o mercado estabeleça transações de veículos com segurança, respaldado por um valor central que é fixado e atualizado mensalmente.

Qualquer lojista ou pessoa física pode pesquisar sobre veículos no próprio site da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas, ou através de serviços terceirizados que coletam as informações da tabela e as repassam em seus portais, como revistas e sites especializados no ramo, classificados, sites de lojistas, entre outros.

O estudo realizado desde 1973 pela tabela Fipe precifica veículos lançados a partir do ano de 1985 (com exceções para alguns modelos). Ou seja, ela divulga apenas os valores de modelos com idade média de 31 anos de mercado ou menos. Além disso, carros com tributos diferenciados, como, por exemplo, aqueles adquiridos por motoristas profissionais ou feitos para pessoas com necessidades especiais, não entram no estudo.

Como é feito o cálculo da tabela Fipe?

Tabela Fipe

O cálculo da tabela Fipe é realizado em todos os estados do Brasil através do levantamento de dados em relação aos preços dos veículos, seja por meio de visitas em lojas, consultas em sites, revistas, ligações, etc.

Depois disso, é avaliada a economia local de cada região, assim como o uso dos veículos, que varia de acordo com conservação das vias, quantidade de estradas de terra ou areia, entre outras coisas.

Além disso, é descartado os valores discrepantes, referentes aos carros “detonados”, ou seja, em mau estado de conservação, e também os “carrões”, aqueles com muitos opcionais que elevam o preço final.

Ao final, o cálculo da tabela Fipe é mensurado pela média por modelo, segmentado por fabricante, ano e combustível.

Fique atento, fatores como cor, conservação, pintura e itens opcionais são desconsiderados do valor final presente na tabela, sendo taxado por cada vendedor no momento da negociação. Por exemplo: presença ou não de rádio, rodas especiais, GPS, central multimidia, motores modificados, presença de insulfilm, entre outras coisas.

Entendeu como é calculada a tabela Fipe? Gostou do nosso artigo? Se quiser consultar a Tabela Fipe do seu carro de forma rápida e fácil clique no link a seguir >> Tabela Fipe

Sempre que for anunciar ou pesquisar um veículo venha para a SóCarrão, o maior classificado do sul do Brasil!

 

 

Deixe uma resposta