Dicas para não errar na hora de comprar moto usada

comprar-moto-usada

Investir em uma moto usada pode ser uma ótima opção para quem deseja economizar. Elas costumam ter um preço mais acessível, podem ser encontradas em ótimo estado de conservação e, por isso, são oportunidades de negócios bem interessantes.

Se você está pensando em comprar uma moto usada, confira as dicas que separamos para te ajudar a escolher.

1) Compre de alguém conhecido

Seja de um amigo, conhecido, parente ou até mesmo através de uma indicação de alguém de confiança, comprar moto usada com este tipo de referência é uma excelente maneira de minimizar os riscos e ser assertivo na escolha. Sabendo a procedência do veículo e conhecendo melhor o histórico da moto, as chances de fazer um ótimo negócio só aumentam.

2) Moto que pertence a mulher costuma ser mais conservada

Aquela história machista de “mulher no volante, perigo constante” é uma verdadeira ilusão. Tratando-se de motos, as mulheres sofrem menos acidentes e são mais cuidadosas ao guiar. Além disso, a conservação e a manutenção feitas pelas donas de motos são mais frequentes e precisas, tendo em vista que elas são atenciosas e ligadas aos detalhes.

3) Confira procedência, alienação, multas e pendências

Antes de comprar moto usada, confira o número do chassi que fica na coluna de direção. Além disso, repare no lacre da placa e consulte o Renavam para verificar a procedência, alienação com banco, existência de multas, pendências e se existe algum outro problema com o veículo.

4) Estado das porcas e peças do motor

Uma grande vantagem das motos é que os motores geralmente são expostos, logo, qualquer sinal de manutenção fica aparente. Portanto, verifique o estado das porcas, pois se houve desmontagem ou manutenção, elas terão alguma anomalia. Além disso, caso elas estejam novas e as peças não, houve substituição.

5) Faça o test drive

comprar-moto-usada

Uma dica no seu teste é ligar a moto com o motor frio. Fique atento aos sons, veja se a moto liga facilmente e preste atenção na cor da fumaça que sai do escapamento. Geralmente, motos com algum problema sofrem para ligar com o motor frio, além de apresentarem ruídos metálicos, falhas, perda de potência e fumaça escura.

6) Estado de conservação geral

Se você não é um especialista, uma excelente dica é levar a moto a um mecânico de confiança, para que ele faça uma avaliação precisa. Contudo, alguns pontos podem ser avaliados por você.

A embreagem não pode ser dura, pois isso significa vida útil chegando ao fim. Além disso, as marchas não podem escapar em hipótese alguma. Fique atento também ao estado do acelerador e freio, que devem ser acionados com facilidade.

Uma moto com dano, mesmo que reparado, deixará vestígios na funilaria, portanto dê preferência à vistoria da moto durante o dia.

Já as manoplas, pedaleiras e manetes com alguns arranhões são coisas normais. Contudo, caso exista desgastes extremos é possível que a moto já tenha tido algum contato com o solo. Fique atento!

O banco é um componente que demonstra facilmente vestígios de acidentes. Entenda que ao comprar uma moto usada, o banco deve estar desgastado como tal. Desconfie de um banco novo em uma moto antiga, pois isso pode ser um sinal de substituição!

Viu só como não é tão difícil comprar moto usada sem erros? Fique atento a todos esses detalhes e garanta uma compra segura aqui na SóCarrão, o maior classificado de sul do país!

Leia também – Comprar carros e motos

1 comentário sobre “Dicas para não errar na hora de comprar moto usada”

  1. Pingback: Como verificar vazamento de água no motor? - Dicas e notícias automotivas

Deixe uma resposta