Em paz com Alonso, Massa diz que não venceria no Bahrein

Ultrapassado por Fernando Alonso logo nos primeiros metros do GP do Bahrein, Felipe Massa não quis saber de polêmica após a prova que abriu o Mundial 2010 da Fórmula 1. Segundo colocado na disputa, o brasileiro acredita que não teria chance de levar a vitória no Oriente Médio.

“Mesmo que não tivesse perdido a segunda posição na largada, não teria vencido porque meu motor sobreaqueceu e eu tive que controlar as rotações e controlar o consumo”, explicou o paulista, cujo início em 2010 é o melhor de sua carreira na categoria.

O brasileiro ainda considera que a manobra do espanhol em cima dele foi totalmente limpa. “Entre nós dois, há um grande reconhecimento profissional. Larguei pior do que Alonso e, quando ele me atacou na primeira curva, respeitou a minha posição e a minha preferência. Na segunda, fui eu quem aceitou que ele estava melhor situado e lhe dei a preferência”, explicou.

“O mais importante é que conseguimos a dobradinha e somamos muitos pontos para a Ferrari”, disse o brasileiro. A próxima etapa da F1 será no dia 28 de março, na Austrália.

fonte: Terra esportes