Esportes » Automobilismo » Formula 1 » Formula 1 Hamilton diz que nunca teve privilégio na McLaren

Hamilton garante que sempre teve tratamento igual dentro da McLaren

Já passou um tempo desde que a parceria entre Lewis Hamilton e Fernando Alonso se desfez na McLaren, quando o espanhol resolveu voltar para a Renault em 2008. Na época, o bicampeão sentiu-se incomodado com o “garoto-prodígio” que surgia como grande promessa e chegou a ofuscar o piloto que chegava na equipe inglesa como estrela.

“No início do meu primeiro ano eu estava ao lado de um bi-campeão mundial e ele era visto como o cara para ganhar o campeonato do mundo e acho que na época eu fui mal interpretado em relação aos objetivos e a compreensão de como a equipe trabalhava. Mas desde que estou aqui eles fazem tudo para nos dar individualmente o melhor pacote possível”, disse Hamilton.

Ele ainda negou veementemente que já teve privilégios na McLaren, e que tanto Hamilton, quanto Heikki Kovalainen, companheiro em 2008 e 2009.

“Eu nunca tive mais do que algum companheiro meu, sempre tivemos a igualdade de oportunidades, que é a coisa mais importante em uma equipe. Não é fácil de gerenciar isso, porque um piloto pode estar à frente do outro. Inevitavelmente, as pessoas dizem coisas erradas. Você diz coisas com raiva, que não significam que é o que você pensa. É assim que eu vejo”, disse.

Quanto ao relacionamento que terá com Jenson Button, seu novo companheiro, Hamilton afirmou que está mais maduro. “É diferente. Nós aprendemos com as experiências. Nós nos entendemos muito bem”, afirmou.

Fonte: Terra esportes