Ferrari diz que não trocaria Massa por Hamilton

“Se Massa não ganhou neste ano, é nossa culpa”, reconheceu Montezemolo.
Durante a festa de Natal da Ferrari, Luca di Montezemolo afirmou que não trocaria Felipe Massa por Lewis Hamilton.

Para o presidente da escuderia de Maranello, se o brasileiro perdeu o título de 2008, a culpa foi toda da equipe.

O inglês da McLaren conquistou o seu primeiro Mundial após terminar o campeonato apenas um ponto à frente do ferrarista, 98 a 97.

“Lewis Hamilton? Vamos deixar isso claro: ele é um grande piloto, capaz de conseguir brigar pelo título em seu primeiro ano na F-1 e ganhá-lo em seu segundo. Mas, com todo o devido respeito, eu não trocaria ele com Felipe Massa”, disse o dirigente italiano ao diário “Gazzetta dello Sport”.

Questionado sobre as palavras de Hamilton, que afirmou que não pretende ir para a Ferrari pois quer encerrar a carreira na McLaren, Montezemolo respondeu: “Normalmente, é a Ferrari quem faz a escolha. Estou convencido de que é a Ferrari quem faz um piloto popular.”

“Kimi Raikkonen veio para a Ferrari e ganhou o título. Se Massa não ganhou neste ano, é nossa culpa. Teria sido normal para ele conquistá-lo, mas ele não conseguiu, por causa de nossos erros”, reconheceu.

“Felipe é extremamente popular, pelo homem que ele é, pelo grande piloto que ele demonstrou ser e pela bela maneira que ele perdeu este campeonato”, elogiou o presidente da Ferrari.

O brasileiro venceu o GP do Brasil e estava conquistando o título, mas, na última curva da última volta, Hamilton ultrapassou Timo Glock para alcançar o quinto lugar que lhe garantia o Mundial.