GM e Ford consideram se juntar para desenvolver motores

Esta não é uma notícia que se vê todo dia. As duas maiores montadoras americanas, arquirivais por décadas e décadas, resolvem se juntar para desenvolver motores juntas. Sinal que seus problemas financeiros estão pra lá de Bagdá.

As duas montadoras estão conversando ainda, nada está definido. Mas a idéia seria um compartilhamento de tecnologias de motor e câmbio. Nem a Ford nem a GM vão admitir que estão tendo essas conversações, mas reuniões entre gente grande das duas estão acontecendo já por mais de um mês.

Para se desenvolver um novo motor, gasta-se em torno de um bilhão de dólares, e um novo sistema de transmissão pode custar 800 milhões. Dividir esses custos em dois seria muito interessante para as gigantes americanas.

Se bem que aqui no Brasil, o uso do motor de Monza até os dias atuais já deve ter gerado lucros de mais de um bilhão de dólares para a GM, não é mesmo??
Fonte: Detroit News