Inmetro: Automóveis novos já começam a receber etiquetas de consumo

Os automóveis novos vendidos no país, já começam a receber à partir de hoje, o selo do Inmetro com informações sobre a eficiência do consumo de combustível em relação ao desempenho do modelo.

O selo é semelhante ao empregado em geladeiras e mede a relação entre o consumo e o desempenho do veículo na estrada e na cidade.

Assim, o selo apresenta 5 graduações de cores e letras, que vão de A(mais econômica) até E(menos econômica).

O selo é uma campanha do governo “Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular”, feito pelo Inmetro com apoio da Petrobrás.

Essa etiqueta não é obrigatória, portanto nenhuma marca precisa colocar se não desejar, pois o programa é voluntário para montadoras e importadoras, sendo renovado anualmente.

De todas as marcas nacionais, apenas cinco se inscreveram no programa: Volkswagen, Fiat, Chevrolet, Kia e Honda.

Destas, foram listados 31 modelos de cinco categorias diferentes para o programa, que se dividem em compactos, subcompactos, médios, grandes e carga.

De todos, 24 modelos compactos e subcompactos, poderão sair de fábrcia já com o selo de eficiência energética e consumo.

Os dados de desempenho e consumo, são fornecidos pelas montadoras para elaboração dos selos e serão informados no manual do proprietário e nas revendas.

Mille o melhor e Palio o pior!

Já com os números nos selos do Inmetro, temos alguns resultados muito interessantes entre os modelos nacionais e importados, inscritos no programa.

Por exemplo: O Mille recebe A na categoria subcompactos, enquanto o Palio recebe E! Já nos compactos o Polo BlueMotion recebe A enquanto o Palio 1.8 leva E! Só para termos alguns exemplos.

Agora, o consumidor tem mais uma ferramenta para ajudá-lo na hora de decidir a escolha de seu novo automóvel.

Fonte: Inmetro.