Lewis Hamilton vence na Hungria e encerra jejum de dez corridas na F-1

Com um ritmo consistente, Lewis Hamilton venceu sua primeira corrida na temporada 2009 da Fórmula 1 neste domingo, no GP da Hungria. O inglês da McLaren assumiu a ponta após o problema de Fernando Alonso, da Renault, logo após o primeiro pit stop, quando a roda dianteira direita do espanhol voou em plena pista por causa de uma porca mal-fixada. Ele não chegava em primeiro desde o GP da China, o penúltimo de 2008, e encerrou um jejum de dez corridas.

Kimi Raikkonen, da Ferrari, chegou em segundo, após ganhar a posição de Mark Webber, da RBR, também na primeira parada. O australiano chegou em terceiro e assumiu a vice-liderança do Mundial de Pilotos. Líder, Jenson Button foi apenas o sétimo com a Brawn GP e teve sua vantagem reduzida para 18,5 pontos. Nico Rosberg, da Williams, chegou em quarto, seguido pelo finlandês Heikki Kovalainen, da McLaren.
Timo Glock, da Toyota, apostou em paradas mais tardias e conseguiu a sexta posição em Hungaroring. Jarno Trulli, seu companheiro de equipe, também ganhou boas posições e fechou a zona de pontuação. Rubens Barrichello, da Brawn GP, que largou em 13º, chegou apenas em décimo e não pontuou. Nelsinho Piquet, da Renault, também não conseguiu um bom desempenho e foi o 12º colocado.

A corrida teve apenas 19 carros, por causa da ausência de Felipe Massa, da Ferrari. O brasileiro bateu forte no treino classificatório, após ser atingido no capacete por uma mola que saiu do carro de Rubens Barrichello. Ele está internado no Hospital Militar de Budapeste, em observação e em coma induzido. O piloto teve uma concussão cerebral, um corte no rosto, além de precisar passar por uma cirurgia para a retirada de fragmentos ósseos do local da pancada, que foi bem-sucedida.

A próxima corrida da Fórmula 1 será o GP da Europa, no circuito de rua montado em Valência, no dia 23 de agosto. A categoria terá três semanas de férias de verão, em que as equipes são proibidas de mexer em seus carros.

Fonte: globo.com