Mercado de usados receberá R$200 milhões para reativar vendas

As revendas de carros usados agora poderão ter uma linha de crédito maior, pois o governo liberou uma linha de crédito de R$200 milhões do FAT(Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Os juros para essa nova linha de crédito, ainda estavam em discussão entre o governo e o Banco do Brasil. Este queria cobrar 14% ao ano, mas o governo insistia em 8%.

Mas, nessa queda de braço, a taxa anual passou a ser definida em 11,2%, o que mensalmente equivale à juros de 1,4%. Hoje a tava anual de juros é de 24%.

Os prazos serão de 24 meses com carência de cinco meses, para as empresas que solicitarem o crédito. Quem estiver em débito com o governo federal, não vai poder ter o incentivo.

Com isso, espera-se que o consumidor retorne ao mercado de usados, afetado principalmente pela grande desvalorização dos veículos e pela escassez de crédito para as vendas.

Fonte: O Estado de São Paulo.