Mercado de usados se recupera e espera vendas iguais aos do período pré-crise

O mercado de usados ainda não está totalmente satisfeito com as vendas no primeiro semestre, mas já mostra sinais de recuperação de parte das perdas na comercialização de veículos usados no país.

Segundo a Fenauto – Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos – o mercado absorvia cerca de 700 mil veículos por mês até Setembro de 2008, ultimo mês antes do início da crise. Depois disso as vendas despencaram e agora estão em torno de 600 mil unidades por mês.

A entidade apóia a redução do IPI, pois isso cria um circulo de consumo no mercado. Segundo a Fenauto, para cada carro novo vendido, 2,5 usados também são comercializados.

Para a associação, esta é o momento de adquirir um automóvel semi-novo completo pelo preço de um zero km sem direção hidráulica e ar condicionado.

Bom, em Fevereiro, o Banco do Brasil abriu uma linha de financiamentos para empresas que atuam no setor de veículos usados. O resultado foi que de R$200 milhões ofertados pelo banco, R$127 milhões liberados em 1.600 contratos.

Fonte: Folha de São Paulo.