Peugeot 307 sedan chega a partir de R$ 54.700 em agosto!

A versão três volumes do Peugeot 307 foi apresentada ontem à imprensa especializada brasileira, na Argentina, e começa a ser vendido no mercado nacional a partir do dia 24 de agosto. De acordo com a montadora francesa, o modelo estará disponível em duas opções de motorização (1.6, bicombustível, e 2.0, a gasolina), três de acabamento (”Presence”, “Feline” e “Griffe”), e equipadas com câmbio manual ou automático.

A versão de entrada “Presence”, disponível apenas com motor 1.6 Flex e câmbio manual de cinco marchas, tem preço sugerido de R$ 54,7 mil. A intermediária “Feline”, com câmbio manual, chega por R$ 63,6 mil, enquanto a automática sai por R$ 68,6 mil. A topo de linha “Griffe”, por sua vez, tem valor inicial fixado em R$ 75.950. Tanto a versão “Feline” quanto a “Griffe” são oferecidas apenas com propulsor 2.0.

O porta-malas, a principal novidade do modelo, tem capacidade volumétrica de 506 litros, podendo atingir 1.496 l com o rebatimento dos bancos traseiros, de acordo com a Peugeot. Com a inclusão do bagageiro, o comprimento total do carro atinge 4,47 metros, 26 centímetros a mais que a versão hatchback. A largura do sedã mede 1,76 m, a altura, 1,51 m, e a distância entreeixos, 2,61 m.

A fabricante afirma que o motor 1.6 é capaz de gerar 110 cavalos de potência a 5.600 rpm e torque máximo de 14,7 kgfm, a 4.000 giros, quando abastecido com gasolina, e 113 cv de potência e 15,7 kgfm de torque, com 100% de álcool no tanque. O propulsor 2.0 desenvolve 143 cv e 20 kgfm de torque a 4.000 giros.

Ainda segundo a montadora, a versão “Presence” traz como itens de série ar-condicionado, direção hidráulica com regulagem de altura e profundidade, computador de bordo, vidros elétricos e travamento automático das portas. A “Feline”, por sua vez, oferece, além dos mesmos equipamentos da opção de entrada, ar-condicionado bi-zone, que regula a temperatura em duas áreas distintas da cabine, volante com botões de acionamento do CD player, sensor de chuva, acendimento automático dos faróis, retrovisor interno eletrocrômico e alarme com sensor ultrassom.

A lista da topo de linha “Griffe” inclui, além dos equipamentos das outras versões, bancos e volante revestidos de couro, mostradores do painel com fundo branco, disqueteira com capacidade para seis discos, teto solar elétrico, piloto automático e retrovisores externos rebatíveis. A versão traz ainda sistema Bluetooth e câmbio seqüencial Tiptronic.

Assim como a versão hatch, o 307 Sedan é produzido na unidade da Peugeot de Palomar, em Buenos Aires, na Argentina.

Fonte: http://www.noticiasautomotivas.com.br