Pista : Chuva impede realização plena da 4a.etapa do Catarinense de Automobilismo em Joaçaba

Mais uma etapa do Catarinense de Automobilismo castigada pelas chuvas que danificam as pistas e impedem o acesso dos competidores.
A quarta etapa do Catarinense de Automobilismo ,que estava programada para este sábado e domingo, foi bem agitada, com a chuva cancelando todas as atividades de sábado e inviabilizando a continuidade plena dos classificatórios e baterias no domingo.

Durante todo o dia de sábado, uma chuva de fraca a moderada, passando por períodos de garoa, impediu que os treinos livres e classificatórios acontecessem. A organização esperou até o meio-dia de sábado para que a pista secasse ou o tempo melhorasse, mas as constantes interrupções inviabilizaram o prosseguimento das atividades programadas, obrigando ao encerramento das atividades neste dia jogando as expectativas para o domingo.
No domingo, o dia amanheceu prometendo uma trégua, mas a alegria durou pouco e bastou chegar ao autódromo para que o tempo fechasse e a fina garoa voltou, adiando mais uma vez a entrada dos competidores em pista.

Por volta das 10 horas com o tempo aparentemente estabilizado, a programação foi refeita e ficou da seguinte forma: 15 minutos de treino sendo 5min de treino livre e os restantes 10 minutos de classificatório na seguinte ordem: Mini Formula Tubular, Marcas A e B, Stock Car Omega, Marcas N, Stock Car Opala.

Tudo transcorria normalmente até chegar a hora da Stock Car Opala , última a entrar na pista em torno das 13h35min, e com somente dois minutos de pista liberada, uma forte pancada de chuva provocou bandeira vermelha e assim foi dada por encerrada as atividades no Autódromo Cavalo de Aço, que mesmo sob chuva ainda trouxe um bom número de espectadores que já começavam a chegar em maior número por volta das 11horas.

No total tivemos 63 pilotos inscritos, sendo 20 na MN, 15 na Marcas A-B, 10 na Omega , 9 na Opala e 14 na MFT A-B.

Na Stock Car Omega a pole ficou com Marco Garcia com tempo de 1:07,946, seguido pro Armin Kliewer com 1:08,273 e Odair Costa Junior com 1:08,386.
Na Marcas A a pole foi de Leopoldo Mees Neto com tempo de 1:11,396, com Felipe Tozzo em segundo e Alessandro Coelho em terceiro. Na Marcas B, Jorge Martelli cravou a melhor volta com 1:12,883, seguido por Walter Schmitz Neto e Cristiano Rosa.

Marcas N, a pole foi de Diego Ramos com tempo de 1:12,010 ,seguido por Dirceu Victorino e Thomas Schwartz em terceiro.

Na MFT A o mais rápido foi Romir Roeder com tempo de 01:18,206, seguido por Jair dos Santos e Laercio Sartorelli.Na MFT B, Lauro Manske foi o autor da volta mais rápida com 1:24,792 , seguido por Eder Azevedo e Manoel Carneiro em terceiro.

A Stock Car Opala não conseguiu realizar o seu classificatório.

No final das atividades por volta das 14horas a Federação Catarinense de Automobilsmo e seus comissários encerraram as atividades no Autódromo Cavalo de Aço.

Nesta 3a.feira dia 6 de abril,no início da tarde, a Fauesc irá divulgar um comunicado oficial sobre o "destino" da etapa.

Resultados completos:

Marcas N – MFT A-B – Marcas A-B – OMEGA

_______________________________
FAUESC: Federação de Automobilismo do Estado de SC
CronoSpeed Assessoria de Imprensa
Jornalista responsável: João Otávio Ness
MTB:2898/86 RS
www.fauesc.org.br

Crédito das fotos:CronoSpeed