Renault Grand Scénic

Esbanjando espaço interno, o monovolume de sete lugares passará a ser importado da França a partir de 2008

A partir de fevereiro de 2008 a Renault passará a importar a Grand Scénic, monovolume maior que o modelo produzido aqui no Brasil e que possui três fileiras de bancos, podendo acomodar até sete pessoas. A Renault espera comercializar cerca de 100 unidades por mês do modelo, que é fabricado na França e conta com câmbio automático Proactive de quatro velocidades e motor de dois litros, 16 válvulas, e 138 cavalos de potência.

Em seu design, destaque para os faróis em formato de elipse, que formam um interessante conjunto com a grade em "V" e a entrada de ar embutida. Mas o seu grande destaque vai para o espaço interno. A terceira fila de assentos é rebatível e pode ser escondida sob o piso, ampliando o porta-malas em caso de necessidade.

Para o transporte de objetos de grandes dimensões, pode-se rebater a fileira central. Os assentos traseiros, ainda, são dotados de encosto reclinável e regulagem longitudinal – sendo que o assento traseiro central pode ser transformado em uma mesa. Os passageiros ainda contam com mesas retráteis instaladas no encosto dos bancos situados à sua frente.

Ao volante, o motorista encontra regulador e limitador de velocidade, acendimento automático das luzes, retrovisores externos rebatíveis com comando elétrico, rádio CD player com comando satélite na coluna de direção e MP3, além de abertura de portas e do porta-malas através do cartão. Os ocupantes contam com climatizador automático, com dutos de ar específicos para os bancos traseiros,

Os elementos de segurança também ganharam destaque e a lista de equipamentos conta com sistema de freios ABS com distribuição eletrônica de pressão, airbags frontais adaptativos e airbags laterais de tórax, que são do tipo cortina nos bancos de trás, cintos de segurança dianteiros de três pontos e reguláveis em altura, com duplo pretensionador e limitador de esforço.

Fonte: Quatro Rodas