Rodas:projeto do Inmetro pretende certificar o produto no país

O Inmetro quer testar e certificar todas as rodas que são comercializadas no mercado nacional.

A idéia é evitar que produtos com má qualidade afetem a segurança dos consumidores. Se o projeto for aprovado, todas as rodas serão testadas de acordo com o tipo e o material.

Hoje em dia não há certificação da ABNT para rodas, por isso podem ocorrer problemas com a segurança em alguns casos, já que rodas com furação diferente dos veículos vendidos no Brasil, podem ocasionar trepidação e ruptura.

Neste caso, já sabemos que o final da história não será nada agradável para o condutor do veículo e passageiros.

Se o projeto for aprovado, 12 meses depois será obrigatório aos fabricantes adequar seus produtos as normas da ABNT e depois de mais seis meses, poderão ser vendidas no mercado.

Passados três anos da divulgação oficial da nova medida, os fabricantes que não estiverem certificados pelo Inmetro terão sérios problemas no país.

Devemos lembrar que essa certificação do Inmetro será focada nas rodas que são vendidas como acessórios, sendo nacionais ou importadas. As utilizadas pelos fabricantes de veículos já passam por testes de segurança.