Super Aguri abandona Mundial e deixa F-1 com 10 times

Com dificuldades financeiras desde a temporada passada, a equipe Super Aguri anunciou nesta terça-feira que não vai mais competir no Mundial de Fórmula 1 de 2008.

A escuderia teve problemas para sobreviver quando não obteve um prometido grande patrocínio, e a Honda deixou claro que não estava preparada para dar o apoio necessário por um longo período.

"É uma pena, mas eu preciso informar que a equipe vai cessar suas atividades hoje", disse o fundador Aguri Suzuki em comunicado, antecedendo a disputa do GP da Turquia, marcado para o próximo fim de semana.

O Magma Group, fundo com investimentos oriundos de Dubai, estava interessado na aquisição da escuderia, mas as negociações não vingaram, assim como as conversas com o alemão Weigl Group nos últimos dias.

A saída da Super Aguri deixa a Fórmula 1 com apenas dez times em competição, algo que não acontecia desde 2005.

"Nossa equipe concorreu com muitos carros que têm uma grande estrutura por trás e teve sucesso em obter os primeiros pontos após sua 22ª corrida e terminando em nono em 2007 no Mundial de construtores", disse Suzuki.

Fonte: UOL