Carros Subcompactos: Os 2 Mais Importantes

Os carros subcompactos vêm ganhando espaço no mercado brasileiro já há alguns anos.

A categoria “subcompactos” engloba os carros que são ainda menores do que aqueles modelos já compactos com os quais estamos acostumados, como o Fiat Punto e o Ford Ka.

Os modelos subcompactos são as novas apostas para veículo de entrada das grandes montadoras e parecem estar se multiplicando devido também à crescente presença de montadoras asiáticas no Brasil.

Quer conhecer melhor os carros subcompactos que mais têm se destacado no mercado? Acompanhe a seguir!

 Carros subcompactos de destaque:

 1. Fiat Mobi 

O Fiat Mobi, lançado em 2016, surgiu como o novo carro de entrada da Fiat. Com design ousado e o título de produto 100% nacional, o Mobi também ganhou destaque por conquistar cinco estrelas no crash-test – ou teste de colisão – do Latin NCap, um programa de avaliação independente de carros novos para América Latina e Caribe.

Um Fiat Mobi Easy, a versão de entrada do veículo, custa, atualmente, a partir de R$ 34.690,00. As medidas do Easy são: 3,56 metros de comprimento, 1,63 metros de largura, 1,49 metros de altura, 2,30 metros de entre-eixos (distância entre o centro das rodas dianteiras e o centro das rodas traseiras, sinônimo também de conforto ou desconforto para os passageiros que vão na parte de trás do carro) e porta-malas de 215 litros.

A ficha técnica* é a seguinte:

  • Motor 1.0, quatro cilindros em linha, flex
  • Potência 75/73 cv a 6.250 rpm
  • Torque 9,9/9,5 kgfm a 3.850 rpm
  • Transmissão manual de cinco marchas, tração dianteira
  • Rodas e pneus 175/65 R14
  • Tanque 47 litros – com gasolina, o consumo médio é de 11,9 km/l na cidade e de 13,3 km/l na estrada

*Esses dados podem variar de acordo com o modelo pesquisado.

2. Volkswagen Up! 

O Volkswagen Up! chegou no Brasil em 2011 com um design mais “limpo”, um projeto europeu que foi adaptado para o público brasileiro. Um Volkswagen Take Up!, versão de entrada do Up!, custa, atualmente, a partir de R$ 35.560. As medidas dele são 3,60 metros de comprimento, 1,91 metros de largura, 1,50 metros de altura, 2,42 metros de entre-eixos e porta-malas de 285 litros.

A ficha técnica é essa:

  • Motor 1.0, três cilindros em linha, flex
  • Potência 82/75 cv a 6.250 rpm
  • Torque 10,4/9,7 kgfm a 3.000 rpm
  • Transmissão manual de cinco marchas ou automatizada de cinco marchas, tração dianteira
  • Rodas e pneus 175/70 R14
  • Tanque 50 litros – com gasolina o consumo médio é de 14,2 km/l na cidade e 15,3 km/l na estrada

Ficou interessado? Por que não olhar também os valores desses modelos usados e seminovos? Aproveite! Confira agora mesmo no Só Carrão.

Leia também: Dicas de como limpar o radiador

Deixe uma resposta