Após operação de 7h, médicos vetam Kubica por um ano

Finalmente a operação de Robert Kubica teve fim. Após sete horas, o médico Igor Rossello anunciou que a mão do piloto foi recuperada, mas que ele terá de ficar mais cinco dias em observação na Unidade de Tratamento Intesivo (UTI).

Contudo, o piloto terá um longo tratamento de recuperação e ficará de fora da temporada 2011. De acordo com os médicos, Kubica deverá levar um ano para voltar a estar 100%. Rossello também afirmou que o piloto poderá passar por outras cirurgias na mão caso seja necessário.

Kubica lesionou-se gravemente, sofrendo múltiplos traumatismos, após perder o controle de seu carro, da marca Skoda Fabia, e bater contra o muro de uma igreja.

O polonês é conhecido por exigir em seus contratos de F1 que tenha permissão para participar de competições de rali, possibilidade vetada por equipes como Ferrari e McLaren. Ainda neste ano, a Renault não permitiu a presença do piloto em uma competição do gênero, uma vez que correria por um carro de outra montadora.

Com a incógnita que ainda é sua recuperação, as chances do brasileiro Bruno Senna – piloto reserva do time – substituí-lo na temporada são grandes.

Fonte: Terra Esportes