Skip to main content
Home » Fórmula I, Indy e Truck » Conheça a trajetória de Jules Bianchi

Conheça a trajetória de Jules Bianchi

Piloto tinha 25 anos e faleceu em decorrência de um acidente em 2014.

 

 

Faleceu na última sexta-feira (17) o piloto francês Jules Bianchi. Nascido em 03 de agosto de 1989, Bianchi começou a carreira no Kart em 2002 e em 2007 passou a fazer parte da Fórmula Renault 2.0, mesmo ano em que conquistou a primeira vitória no campeonato. No ano seguinte, em 2008, terminou em terceira posição na F-3 europeia, mas a consagração na categoria aconteceu em 2009 – das 20 corridas que participou, nove foram vencidas por ele -. Por ser um jovem talento, começou a despertar o interesse de grandes equipes, como a Ferrari, por exemplo.

Jules Bianchi no início da carreira em corrida de Kart no ano de 2002. Crédito da Imagem: KSP.
Jules Bianchi no início da carreira em corrida de Kart no ano de 2002. Crédito da Imagem: KSP.

No ano seguinte passou a ser piloto de testes para a próxima etapa da Fórmula 1 de 2011. Brilhou nas pistas pela Marussia e conquistou também o Desafio Internacional das Estrelas de 2013 no Kart, onde tudo começou. Mas o que Jules Bianchi não esperava é que 2014 seria o ano que uma reviravolta mudaria o curso de sua vida. No ano passado, Bianchi abriu a pontuação da Marussia na F1, os primeiros da brilhante carreira na categoria. Terminou em nono.

Bianchi competia pela Marussia até o momento do acidente. Crédito da Imagem: Divulgação.
Bianchi competia pela Marussia até o momento do acidente. Crédito da Imagem: Divulgação.

No dia 05 de outubro o francês dava a 44ª volta no Circuito de Suzuka (Grande Prêmio do Japão) quando foi surpreendido por um trator na pista molhada que fazia a retirada do carro de Adrian Sutil que havia sofrido um acidente neste mesmo trecho.

Após o acidente, a corrida foi interrompida antes do esperado. Crédito das Imagens: Clive Mason / Getty Images.
Após o acidente, a corrida foi interrompida antes do esperado. Crédito das Imagens: Clive Mason / Getty Images.

A batida foi tão forte que para se ter ideia, o cérebro do francês se deslocou de maneira severa dentro do crânio, a chamada lesão axonal difusa. O safety car foi acionado e logo nos primeiros socorros foi constato que realmente o estado era crítico. Jules Bianchi foi removido até o Hospital Universitário de Mie, no Japão, onde permaneceu internado em estado grave por dois meses até ser estabilizado e transferido à França, seu país de origem. Durante nove meses permaneceu em estado vegetativo até falecer na semana passada em decorrência do acidente. Dias antes, o pai do piloto, Philippe Bianchi, disse em entrevista ao France Info que para a família ver o estado de Jules era “insuportável” e uma “tortura diária”. Em nota oficial divulgada pela família do corredor, a afirmação é de que o ocorrido é “uma dor imensa e indescritível”.

Crédito da Imagem: Divulgação.
Crédito da Imagem: Divulgação.

Esta é a primeira morte registrada na competição desde 1994 quando o brasileiro Ayrton Senna também perdeu a vida após um acidente durante a corrida. Em 2012 a também pilota da Marussia, Maria de Villota, sofreu um acidente em Duxford (Inglaterra), mas se recuperou bem. Porém em outubro de 2013 foi encontrada sem vida em um quarto de hotel.

Compartilhar

Top 5 - SóCarrão

Super Carrões

Super Motos

Carros Antigos