Novas regras para vendas de veículos começam a valer hoje

Lei Federal determina que histórico do veículo seja apresentado antes da venda.

A velha história de “comprar gato por lebre” pode estar perto do fim se a Lei Federal nº 13.111/2015 for cumprida à risca. Isso por que a nova regra determina que quem estiver vendendo carros e motos em qualquer estado ou situação apresente ao possível comprador o histórico detalhado do veículo, incluindo dados sobre vendas e taxas cobradas anualmente, furtos, multas e situações afins.

 Saiba mais sobre a nova lei.

 Além disso, a lei determina ainda que sejam informados também ao comprador possíveis irregularidades de trânsito e ocorrências junto às autoridades policiais, seja aos órgãos municipais, estaduais ou federais. Caso essas normas não sejam cumpridas pode haver punição, pagamento do total de tributos, taxas e multas existentes até a hora da venda, tudo por conta do vendedor.

A redação do SóCarrão recebeu uma pergunta de um leitor sobre os casos de vendedores particulares e entrou em contato com a Assessoria de Imprensa do Detran do Estado do Paraná. A informação repassada é de que nos casos de particulares essa obrigatoriedade não está em vigor, mas é possível saber como está a situação do carro no site.

Veja o passo a passo:

Ao acessar o site, o usuário que desejar obter informações sobre a situação do veículo deve acessar a área "VEÍCULO"  e em seguida clicar na área selecionada na imagem acima.
Ao acessar o site, o usuário que desejar obter informações sobre a situação do veículo deve acessar a área “VEÍCULO” e em seguida clicar na área selecionada na imagem acima – Verifique a Situação (IPVA, Extrato, Multas).

 

Feito isso, basta digitar o número do Renavam e o código de verificação ao lado.
Feito isso, basta digitar o número do Renavam e o código de verificação ao lado, e as informações estarão disponíveis na tela.

Deixe uma resposta