Número de recalls nos EUA superou os 20 milhões em 2010 e no Brasil passou de 1,5 milhões

Os fabricantes de automóveis fizeram recall de quase 20 milhões de veículos em 2010 apenas nos EUA. Só a Toyota determinou recall de cerca de 7,1 milhões de carros. A GM convocou 4 milhões de proprietários este ano. A Honda e a Nissan juntas convocaram mais de 2 milhões de proprietários de veículos para recall, a Chrysler fez recall de cerca de 1,5 milhão e a Ford em torno de 500 mil.

O número de recalls realizados este ano foi o maior nos Estados Unidos desde 2004, de acordo com uma análise com base em dados federais feita pela Associated Press.

Os recalls podem custar às fabricantes de veículos centenas de milhões de dólares e têm se tornado cada vez mais frequentes desde 2000, quando o Congresso americano aprovou lei que exige o reconhecimento de defeitos mais rapidamente.

No Brasil, somente em 2010 foram convocados mais de 1,5 milhão de proprietários para recall, segundo dados do www.estradas.com.br , que possui o maior banco de dados de recall do país. É o segundo maior número de veículos convocados na história da Indústria Automobilística Brasileira, desde que entrou em vigor o Código de Defesa do Consumidor em 1991, que estabelece ã obrigação do recall para produtos que coloquem em risco a segurança do consumidor.

O número de veículos convocados para recall em 2010 somente é superado pelos mais de 1,7 milhão de veículos convocados em 2000, quando só a GM convocou mais de 1, 3 milhões de veículos, principalmente Corsa, por falha no sistema de suporte do cinto de segurança.

Fonte: Site Estradas