Vazamento de Óleo no Motor: Como Verificar?

Chão sujo de óleo de motor

Não importa a marca, modelo ou ano do automóvel que você está buscando, quem tem carro com certeza já passou por um problema bem comum chamado vazamento de óleo no motor. Além de ser uma situação desagradável, já que esse vazamento mancha o chão e deixa rastros por onde passa, o contratempo também causa danos ao carro quando não solucionado de forma rápida e precisa.

Hoje nós vamos ensinar como verificar um vazamento de óleo no motor. Confira!

Saiba como identificar um vazamento de óleo no motor

Uma das maneiras mais simples de notar que está vazando óleo do motor é quando o carro deixa manchas de óleo no chão, seja estacionado ou até mesmo em movimento.

É importante frisar que apenas um pouco de gotejamento não é provável que seja um problema do óleo no motor, pois muitas vezes uma gota passando por juntas e vedações é normal escapar. O vazamento do óleo no motor, geralmente, é uma substância de cor preta ou marrom.

Conheça os principais fatores que podem ocasionar o vazamento de óleo no motor

Muitas vezes o vazamento de óleo no motor pode ser provocado pelo próprio motorista. Por isso é de suma importância manter o lubrificante sempre no nível correto entre o mínimo e o máximo da vareta.

O excesso de lubrificante no motor pode ocorrer quando se verifica o nível com o motor ainda quente. Dessa forma, dá-se a impressão de que é preciso completá-lo com mais óleo.

Para evitar que erros assim aconteçam, é necessário verificar o óleo do carro sempre em uma superfície plana e com o motor frio com, no mínimo, 10 minutos depois de ser desligado.

O vazamento de óleo pode ser indício de problemas graves no motor ou ser o resultado de uma manutenção inadequada. Dentre as principais causas do vazamento, estão:

  • Excesso de óleo no motor;
  • Retentores com problema;
  • Cárter defeituoso;
  • Junta do cabeçote desgastada.

O que fazer ao notar o vazamento de óleo no motor

Sempre que isso acontecer, o ideal é contatar um profissional de segurança e de qualidade que faça um diagnóstico completo do veículo. Em caso de manutenção, exija sempre as peças originais para garantir o funcionamento do carro e, consequentemente, a segurança do condutor.

Além disso, verifique o nível do óleo uma vez por semana.Caso o nível esteja baixo, procure uma oficina especializada e complete-o imediatamente. Gostou do artigo? Continue navegando pela Revista Só Carrão e encontre diversas dicas automotivas.

Deixe uma resposta