Problemas no seu carro podem ser causados por defeitos nos módulos eletrônicos

Por mais incrível que pareça, algumas coisas (que parecem não ter relação uma com a outra), interferem em muito o desempenho do seu carro. Com toda a eletrônica embarcada nos modelos atuais, podem surgir problemas nos veículos que mesmo mecânicos experientes tem dificuldades de detectar e resolver. Por exemplo, você sabia que o problema de super aquecimento do motor do seu carro pode ser causado por um defeito no módulo de controle da ventoinha ou da injeção?

Quando o carro começa a superaquecer, mesmo quem entende do assunto pode pensar que o problema estaria interligado à válvula termostática. Embora esta válvula seja, corretamente, a principal suspeita, o superaquecimento do motor nos modelos mais novos pode estar ligado à falta de acionamento da ventoinha responsável pela refrigeração do radiador. Quando isso ocorre, é sempre bom fazer uma série de testes, como ver se tem alguma mangueira obstruida, ver o funcionamento da bomba d’água e até mesmo, fazer a maior quantidade de testes que conseguir no sistema elétrico da ventoinha.

Enfim, se nenhum problema mecânico é encontrado, uma solução para detectar o super aquecimento é analisar a temperatura do motor, recebida por um scanner próprio para isso, e verificar o acionamento da ventoinha junto ao aumento da temperatura. Isso se dá porque, atualmente, os carros utilizam de um sistema em que a temperatura do motor é informada pelo sensor de temperatura da injeção, sendo que o módulo de controle do motor ordena e programa o acionamento da ventoinha. Quando ele se encontra danificado, a mesma tende a não funcionar e super-aquecer o motor do carro.

Mas não só o acionamento da ventoinha pode ocasionar superaquecimento. Se o carro também estiver lento e com consumo alto de combustível, é bom tentar descobrir como está o módulo de injeção. Geralmente, quando esse módulo se encontra com defeito, a solução é a troca ou reparo do mesmo.

Há vários outros problemas que podem ser causados por mau funcionamento em dispositivos eletrônicos. Há modelos, por exemplo, em que o controle de estabilidade e tração não funciona muito bem em dias muito quentes, por sobreaquecimento da central eletrônica. Alguns modelos tem até dissipadores de calor e “coolers” internos, ventoinhas similares àquelas que equipam processadores de computador. Num caso desses, poeira e sujeira na ventoinha fazem com que o dispositivo não seja refrigerado adequadamente, gerando mau funcionamento.

Imagens:

1. Módulo de injeção eletrônica presente no Nissan 300ZX. Crédito: Wikipedia.

2. Módulo de controle de combustível para motos Bazzazz. Crédito: fabricante.

3. Módulo de controle ABS. Crédito: Brakeco.

3 comentários sobre “Problemas no seu carro podem ser causados por defeitos nos módulos eletrônicos”

Deixe uma resposta