De volta para o Futuro: DeLorean transformado em máquina do tempo

Quem não se lembra do famoso DeLorean DMC-12 cujas portas abriam para cima e que através dele era possível viajar no tempo? Se você não sabe de que filme estamos falando fica a dica para este fim de semana: De volta para o Futuro – produzido por Robert Zemeckis e tem como atores principais Michael J. Fox, Christofer Lloyd, Lea Thompson, Crispin Glover e Thomas F. Wilson -.

Lançado em 1985 nos Estados Unidos, por aqui ele chegou um ano depois, em 86. Originalmente seu nome é “Back to the Future” e o sucesso quando lançado foi tão grande que recebeu muitos elogios da crítica na época e virou sucesso de bilheteria, batendo a marca dos 380 milhões de dólares em faturamento.

A história gira em torno de Marty McFly, um jovem rapaz que viaja no tempo – de 1985 para 1955 através da “máquina do tempo”. Quando chega nesse ano, conhece seus futuros pais no colégio e por acidente sua mãe se apaixona por ele. O que era uma simples viagem acaba se tornando em uma importante missão: fazer com que eles se apaixonem novamente para que o adolescente exista.

Porém sozinho é que ele não vai conseguir sair dessa e precisará da ajuda de seu amigo, o cientista Emmet Brown, um maluco que transformou seu veículo nessa engenhoca, que é a estrela principal do filme. Na verdade, o  cientista havia sido escalado por terroristas da Líbia para construir uma bomba atômica. Mas como todo bom cientista maluco decidiu criar uma invenção, que é a máquina do tempo.

Dr. Brown decide então roubar plutônio dos líbios para abastecer o reator de seu DeLorean. O deslocamento temporal do carro só é possível quando o veículo atinge 88 milhas por hora (ou 140 km/h para nós), que tem como auxiliar um “capacitor de fluxo” que exige 1,21 Gigawatt fornecidos por fissão nuclear.

oh-shit
Dr. Brown e Marty, a dupla inesquecível do filme. Crédito da Foto: Divulgação.

Antes de fazer as viagens ele faz sua primeira experiência com seu cão e quando vê que deu tudo certo parte para uma aventura no futuro. O problema é o que acontece depois, mas se contarmos todo o filme, perde a graça.

Dr. Brown e seu fiel escudeiro, o cão Einstein, protagonizando uma das cenas mais conhecidas do cinema. Crédito da Foto: Divulgação.

“De Volta para o Futuro” marcou gerações e ter uma máquina como essa é sonho de consumo para muita gente. A boa notícia é que quem for até os Estados Unidos, mais especificamente para Orlando, na Flórida, poderá fazer uma visitinha aos estúdios da Universal Holywood  e tirar fotos ao lado do carro original do filme. Legal, não é mesmo?

Além deste, outras duas super produções foram produzidas como continuidade. Há boatos que a produtora está para lançar a quarta edição do longa metragem mas ainda nada foi confirmado. Então, para quem gosta da trilogia o que resta é literalmente aguardar os próximos capítulos da saga do DeLorean e de uma das duplas mais loucas do cinema.

Se você ainda não conhece ou quer matar as saudades de “De volta para o Futuro”, confira alguns dos trechos mais marcantes do filme abaixo:

Uma das cenas inesquecíveis do filme é o teste com o cachorro do cientista. 

Trailer original do filme, lançado em 1985.

 

Capas dos filmes da trilogia:

Primeiro filme da série. Crédito da Foto: Divulgação.

Primeiro filme da série. Crédito da Foto: Divulgação.

back_to_the_future_part_ii_ver2
De Volta para o Futuro II. Crédito da Foto: Divulgação.
Último filme produzido. Há boatos que um quarto seja filmado mas não há confirmação sobre o assunto. Crédito da Foto: Divulgação.
Último filme produzido. Há boatos que um quarto seja filmado mas não há confirmação sobre o assunto. Crédito da Foto: Divulgação.

CURIOSIDADES SOBRE O FILME E O DELOREAN:

  • Por pouco a famosa máquina do tempo não foi uma geladeira, pois no projeto inicial a intenção do diretor era essa. Circula um boato na internet de que a ideia não vingou por causa da criançada que poderia se esconder ou tentar escalar o eletrodoméstico (e os pais não iriam gostar muito da ideia, é óbvio).
  • Se você cresceu vendo a trilogia, saiba que foi enganado! Einstein, o cachorro de Brown, na verdade, era um humano fantasiado de cão. Somente nas cenas em que a câmera dá close no carro ou no animal é que foi usado um verdadeiro.
  • Uma famosa frase de Dr. Brown foi usada até em um discurso de ex-presidente dos EUA, Ronald Reagan: “Para onde nós vamos, não precisamos de estradas”.
  • No filme, o DeLorean foi equipado com motor de Porsche e aquele famoso dispositivo nuclear foi feito a partir da calota de um Dodge Polara. Na vida real o carro realmente existe, mas foram apenas nove mil produzidos pela montadora irlandesa Delorean Motor Company no início dos anos 80.
DeLorean original. Estima-se que ainda existam mais de seis mil no mundo todo. Crédito da Foto: Fastcoexist.
DeLorean original. Estima-se que ainda existam mais de seis mil no mundo todo. Crédito da Foto: Fastcoexist.

Recorte de uma revista de automóveis da época. As fotos mostram um pouco do interior do carro quando foi lançado. Crédito da Foto: MotoFolwark.
Recorte de uma revista de automóveis da época. As fotos mostram um pouco do interior do carro quando foi lançado. Crédito da Foto: MotoFolwark.

  • Assim como várias super produções cinematográficas (cheias de efeitos especiais) levam o nome de Steven Spielberg como produtor, com a trilogia não foi diferente. Quem trabalhou em parceria com ele foi Bon Canton.
  • Você já reparou que o cenário de De Volta para o Futuro e do filme Gremlims (1984)  são parecidos? Na verdade a cidade cinematográfica é a mesma.  Neste mesmo lugar a banda The Offspring gravou o clipe da música “Why Don´t You Got a Job”. 

 Não perca os próximos posts!