Stallone na pele de “Cobra: muita ação a bordo de um Monterey 1950

Apesar de não ter vendido muitos ingressos enquanto estava nos cinemas, filme transformou o carro em mito, junto com Stallone. 

 

Lançado em 1986 nos Estados Unidos, se engana quem acha que por ter Silvester Stallone no papel principal ajudou a fazer deste filme, um sucesso de bilheteria. Além de ator, o roteiro foi escrito por ele. “Cobra” conta a história de um temido policial que é considerado como o mestre em resolver casos de alto risco ou impossíveis, aqueles que ninguém queria ou teria coragem de fazer. Certo dia um assassino começa a amedrontar os moradores de Los Angeles, que já estavam aterrorizados com uma seita que tinha como único objetivo, matar sem motivos aparentes, por puro prazer.

Aí Marion Cobretti, o Cobra, é chamado para dar jeito nessa situação, além de ter em suas mãos a missão de proteger a top model Ingrid (Brigitte Nielsen), única testemunha dos crimes.  Por essa razão ela acaba ficando na mira dos marginais e aí a dupla acaba travando uma série de fugas e perseguições a bordo do famoso Mercury Monterey 1950, eternizado e muito “clonado” até hoje. Talvez uma das cenas que mais chamem atenção do público é a que o carro pilotado por Cobra dá uma “fechada” nos bandidos e sai atirando em marcha ré, fazendo com que o veículo exploda.

Stallone em “ação”. Crédito da Imagem: Divulgação.

Fora essa cena, o carro aparece mais vezes e pasme: não há efeitos especiais e realmente o carro saltava de prédios e fazia as peripécias urbanas devido a adaptações recebidas pelas mãos de Stallone, proprietário de verdade dessa máquina. Por falar nisso, esse carro deu o que falar fora das telonas. Em 2009, o ator travou uma verdadeira batalha judicial contra um homem que fez o anúncio do carro em um site de leilões. O fato é que após as gravações o veículo foi furtado e desapareceu por anos.

Crédito da Imagem: Divulgação.

Um belo dia, Stallone estaria navegando na internet quando deparou-se com seu estimado carro à venda em um site e imediatamente acionou seus advogados que exigiam que ele fosse devolvido, o que foi negado pelo doo atual por alegar que comprou o automóvel de forma legal. De acordo com informações, o carro valeria hoje em torno de 250 mil dólares. A Mercury fez a retirada do veículo do site, porém Silvester Stallone teria pedido indenização de três milhões de dólares por ter seu nome e imagem atrelados a venda sem sua autorização.

Carro estaria avaliado em mais de 250 mil dólares. Crédito da Imagem: Divulgação.

“Você é uma doença, e eu sou a cura” é uma das frases mais lembradas peloa fãs do filme, dirigido pelo próprio ator. 

stallone-cobra

Ao todo foram mortos 52 personagens no filme.

stallone-cobra-rayan

Em 1987 o filme foi indicado ao Framboesa de Ouro por Pior Ator (Silvester Stallone), Pior Atriz, Nova Estrela, Pior Filme, Roteiro e Ator.

Veja o Trailer do filme:

 

Curtiu? Na semana que vem tem mais. Não perca!

Deixe uma resposta