100 pessoas testarão um Volvo XC90 autônomo

A Volvo está apresentando uma inovação no mercado: um veículo com funcionamento autônomo, em que não é necessária a direção do motorista. Para testar a novidade, 100 pessoas comuns receberão modelos XC90 dotados da tecnologia e apresentarão suas avaliações.

A montadora da Suécia anunciou que já está na segunda etapa do projeto Drive Me, no qual estão sendo testados alguns modelos. Nesta etapa, não é mais necessário que o carro tenha um condutor no volante. Na fase anterior, os técnicos e os engenheiros monitoravam os movimentos dos veículos, para intervir em caso de suceder alguma falha no equipamento autônomo. Mas agora os carros não mais passarão pelo monitoramento desses profissionais. Eles ficarão soltos, nas mãos de motoristas comuns, nas ruas, uma vez que foi constatado um progresso nos testes onde o equipamento está com um funcionamento normal.

A marca está planejando, na fase final do projeto, realizar testes com a participação das 100 pessoas escolhidas, até o ano de 2017. O intuito deste teste é verificar o funcionamento do equipamento automático com variados tipos de pessoas, de jovens a idosos, além de avaliar condutores que tenham experiência ou que sejam iniciantes na direção de veículos.

Está previsto que este equipamento automático terá um acréscimo no valor do veículo de no máximo 2.000 euros, valor equivalente a cerca de R$ 7.000 em valores de hoje. Já no Brasil, devido às taxas de importação, este preço deve elevar o valor do carro em cerca de R$ 12 mil. Ainda não foi determinado o preço de tabela do XC90, mas existe a possibilidade do valor ser acima de R$ 300 mil.

O modelo atual do XC90 foi mostrado no Salão de Paris no mês de outubro de 2014 e tem a previsão de iniciar a comercialização ainda neste ano de 2015 nos países europeus, em versões não-autônomas. No mercado brasileiro está previsto que as vendas sejam iniciadas no máximo até o ano de 2016, também em versão sem a nova tecnologia.

O Volvo XC90 que passará pelo teste:

Fotos: divulgação

Deixe uma resposta