Após a morte de Paul Walker, 30 carros foram roubados de seu depósito

Advogados travam batalha na justiça para tentar reaver os bens do ator. Acusados já foram localizados.

 

Entusiasta do mundo automobilístico e amante da velocidade o ator colecionava uma boa gama de veículos, guardados em um galpão localizado em Los Angeles, nos Estados Unidos.  Em menos de 24 horas após a morte de Paul Walker, cerca de 30 veículos foram roubados e as suspeitas apontam para Richard Taylor, um conhecido do ator que estrelou a série de filmes “Velozes e Furiosos”.

Porsche GT3 RS 2011, um dos carros que faziam parte de sua coleção, roubados pelo sócio. Crédito da Imagem: Divulgação.

Taylor teria retirado os automóveis do galpão com ajuda de cúmplices. Os veículos se encontravam sob custódia das empresas Always Envolving, Always Envolving Racing, Fairway Industrial Partners e Advanced Engineering Calirfornia Inc. Provas adquiridas pelos advogados apontam que o acusado era funcionário de uma das empresas, além de esconder os carros e obter lucro ilícito.  Na lista constam muitos veículos, dentre eles uma BMW M3 2008, três BMW M3 1995, um Porsche GT3 RS 2011, um GMC SRA 2004 e um Toyota Tacoma 2004.

Deixe uma resposta