Skip to main content
Home » Economia » Crise faz montadoras disputarem clientes com campanhas de vendas

Crise faz montadoras disputarem clientes com campanhas de vendas

Montadoras “brigam” por espaço no mercado e consumidor leva a melhor no fim das contas.

 

A crise que afeta o setor automobilístico no Brasil está dando o que falar entre as montadoras no país, principalmente as que trabalham com carros populares. Para se ter ideia, algumas das principais fabricantes lançaram promoções que  prometem trazer veículos com taxas de juro zero até a redução progressiva de parcelas para atrair os clientes. Um exemplo é a Volkswagen que tenta recuperar a liderança no mercado, após perder o posto para a Fiat. Modelos como o UP!, Voyage e Gol estão custando menos.

O UP! agora parte dos R$30.660 na versão mais básica que passa a vir com antena de teto e preparação para som.  As demais versões também terão desconto – o maior fica por conta do Move UP! que terá desconto de R$1.700. Já o Gol luta para reconquistar o espaço no mercado e se tornar novamente o queridinho dos brasileiros. Se antes estava quase na casa dos 40 mil reais, agora a versão de entrada sai de loja por a partir de R$31.240 (se a opção for pelo de duas portas) e R$33.320 (quatro portas). Na versão Comfortline o carro passa a ter ar condicionado , Highline e Rallye passam a ter 5% de desconto no ato da compra e quem optar pelo Tredline desfrutará do desconto de 11%.

Já para quem gosta mais dos sedans, a notícia é que o Voyage está mais próximo dos 40 mil reais, na versão com motor 1.0 (R$40.530) e para a 1.6 o valor é de R$44.450. Assim como no Gol, o Comfortline tem adicional de ar condicionado e partirá dos R$47.020. Assim como a VW, Renault, Ford e Fiat estão no páreo. No caso da Renault, a campanha lançada desta vez foi o “Desafio Power” que convoca a clientela a encontrar melhores condições de pagamento e negociação.

De acordo com a montadora, quem fechar negócio irá usufruir do menor preço a vista, taxas de juro zero com parcelamento de longo prazo, além da valorização dos usados na troca e instalação da central multimídia gratuitamente. A campanha vai até o dia 15 de julho é válida para quem fechar negócio e optar por um Sandero Expression 1.0 ou Logan da mesma linha. Outra proposta da Renault é a de que se o cliente for dar seu usado em troca de um novo, o veículo será aceito como forma de pagamento com base na tabela FIPE.

Já a Ford anunciou na semana passada que toda sua linha, incluindo veículos utilitários esportivos e pick-ups, poderão ser parcelados em até 48 vezes sem juros. A Fiat – que atualmente ocupa a liderança no mercado brasileiro – também sente a crise literalmente no bolso e anunciou condições facilitadas na compra do Uno Attractive 2015/2016 e Grand Siena Attractive 2015/2016 (que segundo a empresa terá desconto no final das parcelas de até R$3.500). Na campanha, a montadora irá trabalhar com parcelamento reduzido, ou seja, as mensalidades vão diminuindo progressivamente. No caso do Uno, as parcelas começam a R$699 e terminam por R$199 (mais entrada). Já para o Siena os valores são bem diferentes: R$1.141,19 e finalizam em R$203,00 com parcelamento em até 48 vezes.

Compartilhar